i'm gabu

Favoritos do Kpop ~ Fevereiro

| |


 Ou 2016 tá fraco pro kpop como nenhum outro ano foi, ou lançaram tudo o que tinham de bom antes e estão sem criatividade agora (tipo eu). Seja lá o que for, fevereiro acabou trazendo muitos nomes conhecidos e vários desconhecidos que supriram minha necessidade de música nova. Se elas são boas ou ruins você pode decidir lendo o texto abaixo ou eu descobrirei daqui uns meses, quando talvez terá mais coisa e eu possa comparar. Anyway, let's go to post.



Winner [01/02]
Deixo registrado aqui minha raiva com a YG e o desprezo dela pelos outros artistas da empresa. Lançaram uns singles pro BigBang ter mais o que cantar nas tours e tentou fazer iKon akontecer, única coisa que saiu de lá e que consegui ouvir o ano inteiro foi o single do Jinusean.
Enfim. Finalmente lembraram do Winner e deram mais datas de comebacks diferentes com mini albuns. Não estou gostando nada desses comebacks parcelados, mas pelo menos temos o Exit:E entre nós e juntos dele 3 MVs. Minha música favorita foi Sentimental, um ato de rock com uma pegada mais alternativa e uns versos com efeito diferente na voz, amei de primeira, e esse mv cheio de cenas picantes ajudou a dar mais replays.



4Minute [01/02]
Depois de Crazy, que foi sem duvidas minha musica favorita de 2015, estava esperando MUITO desse comeback do 4Minute, principalmente por ter Skrillex envolvido. Os teasers entregaram uma fotografia linda com uns instrumentais mais calmos e focando no vocal, mas no final entregaram Hate, uma mistura não tão gostosa de Lana Del Rey e Azaleia Banks. Coitada da Cube que já está no negativo.

Bloomy [01/02]
Prometi para mim que não acompanharia grupinhos com sons doces e comuns, mas depois que deixei GFriend, Oh My Girl e Laboum entrarem no meu coração, acabei ficando mais acessível para esses grupos. Eis que Bloomy, um grupo super nugu me conquistou com os seus 'aiaiaiai' e 'uh uh uh' na gostosinha Blooming Day. A segunda faixa do single album é mais puxada pro hip-hop e também é extremamente viciante.

Grace [04/02]
Estava eu super deboas fazendo minha busca semanal de lançamentos nugus no k2nblog quando vejo a capa super exagerado de I'm Fine e acabei baixando no mesmo instante. O hip-hop é ruim e bom. Parece tão aquelas músicas paródias, mas é forte o suficiente para se manter, sem falar que de tão estranho acaba ficando viciante. Já o mv é bem pirado também.

Mamamoo [12/02]
Mamamoo lançou seu album dia 26 com a música You're the best, mas foi umas semanas antes com 1cm Pride (Taller Than You) que elas me fisgaram. Um rap engraçado com um mv tão inusitado quanto, acabou nos fazendo tirar o foco do mamamoo vocal e prestar atenção no humor do grupo, que não é pouco, e elas vem mostrando desde sempre nas suas lives. Veja essa live de Um Oh Ah Yeh que fizerm no inkigayo.

AoA Cream [12/02]
Os teasers conceito Sailor Moon da sub-unit de AoA já estava mostrando que iriam entregar um conceito fofo mas os instrumentais tinham uns eletrônicos ali que pareciam Ice Cream Cake do Red Velvet, então eu fiquei um pouco mais empolgado. I'm Jelly Baby não é uma música excepcional, tirando o choque inicial ela acaba grudando na sua cabeça e fazendo você ouvi-la repetidas vezes. Então ponto negativo pelo conceito e mv péssimos, e ponto positivo pelo fator 'música chiclete'.

Rainbow [15/02]
Confesso que nem sabia direito o que era o Rainbow, só sabia que era da mesma empresa do Kara descanse em paz e que tinham uma música muito boa lançada ano passado. Após disband do Kara a DSP foi lá e baixou o orçamento para o mv de Whoo, mas a música com sua pegada pop oitentista é muito boa. Bem, sou suspeito a falar já que estou amando essa moda de música com pegada mais disco. Continue assim kpop, por favor.

Brave Girls [16/02]
Outro girlgroup que já existia mas eu nunca ouvi falar sobre. Brave Girls, o grupo do Brave Brothers passou por um revamped, perdendo 3, das 5 membros, e adicionando mais 5, ficando com 7 gurias dançando sensualmente em escadarias enquanto cantam Deepened, uma faixa PBR&R. Para uma primeira impressão, Brave Girls mandaram muito bem. Só achei estranho as garotas dos Brave Brothers não falarem o drop it. :v

Six Bomb [18/02]
Uma faixa que tinha de tudo para ser do Crayon Pop, mas quem canta é esse girlgroup de 2012 que retornou agora entregando um eletro dance pop com Wait 10 years baby (Baba Baby da Kelly Key korean version). Por um instante perdemos toda a atenção da música e só conseguimos prestar atenção nesses colãs rosas horrorosos. Assim como falei sobre a Grace repito com Six Bomb "de tão exótico acaba sendo viciante"

4Ten [23/02]
Acompanho 4Ten desde Why e Tornado, quando se transformaram em Poten ano passo em Go Easy, e agora retornaram como 4Ten e com mais uma música ótima, e um mv com orçamento. Que só mostra que o grupo está evoluindo (ou que a empresa está fazendo sua aposta final). Severely é um pop rock que já começa furioso com os vocais da rapper, até se acalmar com o coro das outras e se manter bem animado o resto da faixa. Simplesmente me apaixonei no primeiro play.

Ladies' Code [24/02]
Só conhecia o grupo pelo acidente e já tentei ouvir uma das músicas antigas mas não consegui. Compartilharam o link de Galaxy em um grupo do facebook, dei o play e depois vários replays. O que me impressionou de primeira foi a fotografia e temática do mv, a ambientação e cores sóbrias e poucos tons fortes de azul e vermelho criaram um cenário misterioso e elegante que acompanha extremamente bem a balada de comeback. Achei um trabalho de arte excepicional.

Cosmic Girls [25/02]
Sabia do debut desse grupo mas não estava me importanto nenhum pouco, sem querer acabei caindo em um video do stage debut delas e fiquei encantado com o desempenho grupal. Uma pena a starship ter usado Mo Mo Mo como title, já que Catch Me, a minha favorita, é 100x mais forte e é o que o cenário do kpop está precisando #StopAegyo2k16. Estava esperando um mv decente essa delicia de Catch Me, com a Cheng Xiao dando seus mortais no palco e a Exy Selena Gomes mandando seus raps, mas entregaram um 'mv' que tá mais para dance pratice mal gravado. Então deixo uma fancam da live de debut mesmo. Aliás aqui tem um post em que eu falei das minhas expectativas para o debut.

CLC [29/02]
Nem lembrava que CLC tinha feito comeback nas últimas horas de fevereiro, achava que foi no primeiro dia desse mês. Pena que não só eu fiquei confuso, a Cube confundiu todo mundo com a adição de duas novas integrantes na formação, troca de lideres, e lançamento de mv short-version. Tudo isso porque uma das novas meninas não podia aparecer porque tem contrato com a Mnet por causa do Produce 101. A cube podia ter adiado o comeback? Podia. Mas foi muito burra e lançou High Hells para ser esquecida. A música é boa e remete muito ao pop que CLC vem apresentando desde Pepe.

Menções SS301 [16/02], Nu'est [17/02], Wable [18/02], Mad Clown | Brother Su [18/02]

Nenhum comentário, seja o primeiro

Postar um comentário